Browsed by
Category: Uncategorized

Elevação do salário mínimo não vai trazer ganho real em 2017

Elevação do salário mínimo não vai trazer ganho real em 2017

O bolso dos trabalhadores pode ficar um pouco melhor em 2017. O Governo Federal já lançou como proposta para orçamento do próximo ano o valor de R$ 945,80 para pagamento a partir de fevereiro do próximo ano. O aumento, contudo, não satisfaz o índice de inflação e não representa aumento real para o trabalhador.

Elevação do Salário Mínimo Não Traz Aumento Real Para o Trabalhador

Em 2017 o salário mínimo do trabalhador brasileiro deve passar de R$ 880 para R$ 945,80. A elevação representa em percentual 7,47%, mas no bolso do trabalhador de fato em nada influencia quando se trata de aumentar o salário. 

Isso porque 7,47% é o percentual de inflação no período. Os preços dos produtos estão mais altos, então é necessário corrigir o mínimo para garantir o poder de compra das necessidades básicas do trabalhador. 

Infelizmente não é uma elevação do salário. O funcionário com o recebimento do mínimo não está tendo um aumento de salário porque está agora equiparando seu ganho mensal com os preços dos produtos nas prateleiras. O ajuste é necessário mas não é um aumento de fato.

Governo Prevê Aumento de Impostos em 2017

Salário mínimo aumentando mas as contas do trabalhador também caminham na mesma proporção. Alguns impostos devem aumentar no próximo ano, o que havia sido descartado em agosto de 2016.

Mas as previsões da equipe econômica do Governo Temer são de manter alguns tributos sobre controle e sem tarifações extras. Espera-se com as medidas tomadas no pacote econômico uma melhoria do Produto Interno Bruto (PIB), maiores investimentos estrangeiros e uma melhoria de capital interno.

Economia do Brasil em 2017 Deve se Manter Estável

As previsões para os próximos dois anos do país são realmente positivas. Jornais internacionais e especialistas concordam que mesmo com a crise política do Brasil, a estabilidade está por vir e as contas devem voltar ao saldo positivo em no máximo 24 meses. 

Por enquanto o o IPCA – Índice de Preços ao Consumidor Amplo, principal balizador do salário mínimo, está com aumentos significativos. Mas as medidas corretivas de orçamento federal e outras metas ainda a serem implantadas devem conter os preços dos produtos. 

A aprovação do teto do controle de gastos do Governo deve enxugar algumas contas em atraso. A reforma previdenciária também ajudará a manter o saldo positivo do governo em suas contas e ajudar a manter os programas sociais em níveis mínimos, mas sem a extinção.

Salário Mínimo Não Deve Sofrer Ajustes por um Tempo 

Infelizmente para o trabalhador ainda não há previsão de um segundo aumento do salário mínimo para de fato ser um ganho real para o seu bolso. Espera-se que com a economia estável o poder de compra do empregado com carteira assinada melhore, mas não com ganhos positivos. 

Por enquanto a meta do Governo Federal é estabilizar as contas e manter o crescimento econômico em alta, o que não vem acontecendo há mais de dois anos. Mas como todos os anos, sempre que há um aumento inflacionário acontece uma nova proposta e ajuste do salário mínimo para um valor adequado ao preço dos produtos no mercado.